Wikia

Scratchpad

Ariadne

217,771pages on
this wiki
Discuss this page0

Ariadne era filha do rei Minos de Creta, e é bem conhecida por ter ajudado o herói Teseu, de Atenas, a entrar e sair do labiríntico palácio em que vivia o Minotauro, meio-homem, meio-touro.

Depois de decapitar o monstro, Teseu seguiu o novelo desfiado que a apaixonada Ariadne lhe deu, encontrando ao mesmo tempo a saída e a bela. No entanto, depois de levá-la consigo, Teseu abandona Ariadne na ilha de Naxos.

Mas, ao contrário de Teseu, que não rejeitou o novelo mas desprezou a moça, este Projeto (que de um certo modo se refere e é construído sobre a idéia de labirintos), dispensa o fio que lhe permitiria saídas e abraça Ariadne.

Afrodite, encontrando Ariadne em desespero na praia de Naxos, promete-lhe um futuro. E, logo, o deus Dioniso a encontra e a desposa. Essa é a porção Ariadne que convém ao Projeto e em razão da qual recebe o nome: Ariadne ama e é amada por Dioniso, o deus da Tragédia, suave e terrível (como o vinho), aquele cujos olhos são capazes de tirar os homens de si, o deus de toda alteridade, o senhor da mímesis.

Na Teogonia de Hesíodo, o mais antigo poema grego completo (Séc. VIII a.C.), os versos 946 a 948 referem-se a Ariadne, e podem ser traduzidos livremente como:

  • “Dioniso, cabelos-de-ouro, tomou por esposa a loira Ariadne, virgem de Minos, e Zeus a tornou imortal e eternamente jovem.”

Por isso este Projeto recebe provisoriamente seu nome. Não em razão do novelo, do fio, ou por ter vencido o labirinto, mas por ter se tornado a líder das Mênades, a bacante mais amada, aquela a quem o deus da alteridade ofertou a própria, aquela, eternamente jovem.

Mas talvez o aspecto que mais tenha pesado na escolha do nome (provisório como um novelo, mas significando vida ou morte), é o que Deleuze diz sobre ela, em 'A Crítica e a Clínica', comentando ensaio de Nietzsche:

Dioniso canta:
"Sê prudente, Ariadne!...
Tens pequenas orelhas, tens muitas orelhas!
Põe aí uma palavra sensata!
Não é preciso primeiro odiarmo-nos se devemos nos amar?
Sou teu labirinto."

E, por fim, Nietzsche interroga/afirma no Ecce Homo, pretensiosamente, verdadeiramente (afirmação da qual me aproprio, desavergonhadamente, também pretensiosamente, ainda que ciosamente):

"Quem, além de mim, sabe quem é Ariadne?"



Voltar para Projeto Adriadne

Around Wikia's network

Random wikia