Fandom

Scratchpad

Plataformas possíveis para alojar uma nova rede de permacultura e transição

216,082pages on
this wiki
Add New Page
Discuss this page0 Share

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.

Menu das wikis:

Princípios de uma eventual nova rede de permacultura e transição

Inquérito à forma de funcionamento da rede de TPP

Plataformas possíveis para alojar uma nova rede de permacultura e transição



Esta wiki serve para se apresentarem as várias possibilidades de alojamento para uma nova rede. Chutem para aqui! (a numeração é aleatória, não hierárquica)


1. Rede social europeia/internacional de agroecologia (desenvolvimento próprio)

(Proposto originalmente aqui) A plataforma pretende ligar agroecologistas/neorurais (permacultores, horticultores urbanos, comunidades ecológicas, iniciativas transição, etc.), activismos políticos e investigação académica, com o objectivo de construir afinidades e sinergias, avançar a aprendizagem (troca de experiências, e-learning, investigação aberta e colaborativa) e promover a acção colectiva (iniciativas locais, por exemplo semana de trabalho em projecto X; petições ou acções de campanha; lutas e resistências, por exemplo a ocupação de terras).

Esta plataforma está em fase de conceptualização no âmbito do projecto Beyond Our Backyards (http://agroecol.eu). A plataforma será personalizada e desenvolvida por meios próprios, usando provavelmente o sistema de gestão de conteúdos Drupal, para criar uma rede social híbrida (isto é, capaz de interagir fortemente com redes sociais existentes e hegemónicas, como Facebook e Twitter, mas mantendo a autonomia, privacidade e segurança dos utilizadores).

O alojamento será providenciado pelo colectivo Ecobytes (http://ecobytes.net). Há financiamento parcial para o seu desenvolvimento (cerca de 50% do estimado).

O projecto Beyond Our Backyards está aberto à participação de quem queira e é, desde o princípio, concebido com princípios de horizontalidade e transparência a todos os níveis, procurando não excluir ninguém dos processos de decisão; e abertura, sendo a entrada e colaboração no projecto possível a qualquer momento.

Caso alguém se interesse em entrar para o projecto nesta fase, participando no wiki, mailing lists e eventualmente no próximo encontro internacional em França (Junho/Julho), basta escrever para info@agroecol.eu. Aí (e antes e depois, via internet) teremos oportunidade de trabalhar no desenvolvimento desta rede social.

Nota: este projecto de rede vai avançar de qualquer maneira, a questão que se coloca é, até que ponto, participantes da Rede de Transição e Permacultura Portugal querem aderir e colaborar no seu processo de desenvolvimento.


2. (Proposto originalmente aqui)

(...)

Formar o Ning (30 dias gratuito, preços 14,95€ até 10000membros, mais tarde a versão ilimitada, com mais funções 34,95 por Mês) . Tempo necessário (+/- 1 semana)

(...)


3. (Proposto originalmente aqui)

(...)

No entanto, no que sim podemos participar todos é em abrir um grupo no Yahoo (por exemplo), de 5 ou 6 administradores, assignar uma equipa e começar a passar pouco a pouco o conhecimento nesta rede para lá.

(...)

Also on Fandom

Random wikia