Fandom

Scratchpad

UVE

215,933pages on
this wiki
Add New Page
Discuss this page0 Share

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.

Welcome to the UVE mini wiki at Scratchpad!

You can use the box below to create new pages for this mini-wiki. Make sure you type [[Category:UVE]] on the page before you save it to make it part of the UVE wiki (preload can be enabled to automate this task, by clicking this link and saving that page. Afterwards, you may need to purge this page, if you still see this message).


A Universitários Vão à Escola (UVE) é uma associação não-governamental e tem como principal atividade a atuação na área educacional com crianças e adolescentes de comunidades carentes.

Atualmente, sua frente principal de trabalho está em Itapuã, recém criada Região Administrativa do DF, mas há, na UVE, a preocupação constante de não se restringir somente à atuação em uma localidade, estando seus membros sempre atentos ao surgimento de demandas em outras regiões carentes do DF.

É também prioridade da UVE a integração intra-acadêmica de seus participantes. O contato entre estudantes e professores de diversos cursos incentiva o diálogo dos vários campos de conhecimento explorados na UnB, estimulando a prática interdisciplinar, a multiplicidade de discurso e a interação por meio da pesquisa e da prática extensionista.

Diferentemente da maioria dos projetos sociais, a UVE busca transformar a realidade em sua base e estrutura, razão pela qual trabalha com a educação de crianças e adolescentes.

A Universitários Vão à Escola surgiu com a união e a iniciativa de estudantes, então no segundo período do curso de graduação em Direito da UnB, que, em julho de 2005, conheceram moradores de Itapuã e entraram em contato com a realidade da região. Ali se iniciou a história do "Projeto Itapuã", assim nomeado por causa da comunidade que foi escolhida como sede dos trabalhos.

Em uma casa alugada pelos próprios participantes, que dividiam entre si os gastos com materiais, combustível, água, energia elétrica e demais necessidades, os membros davam aulas de reforço e auxiliavam as crianças com as atividades escolares.

A educação é um direito social amplamente protegida na legislação brasileira. De acordo com a Constituição Federal, todos têm direito à educação. O não-oferecimento do ensino obrigatório pelo poder público ou sua oferta irregular importa responsabilidade da autoridade competente.

Juridicamente, podemos citar como garantidores do direito à educação o Estatuto da Criança e do Adolescente que assegura o acesso à escola pública e gratuita, próxima à residência dos estudantes, o Código Penal que define como crime de abandono intelectual os pais ou responsáveis que deixem, sem justa causa, de prover a instrução primária de filhos em idade escolar, sob pena de detenção de quinze dias a um mês ou multa, ou seja, os pais têm a obrigação de matriculá-los na rede regular de ensino. Entretanto, na prática – e Itapuã é exemplo claro – as autoridades falham na efetiva proteção deste direito.

O nosso principal objetivo é criar elementos para que as crianças construam sua autonomia, dentro das suas habilidades e limitações, por meio da educação e de um programa pedagógico diferenciado. É proposta da UVE oferecer oportunidades de atividades educacionais e culturais a crianças e adolescentes da região e colocá-los em contato maior e mais direto com as artes, as ciências e a produção criativa, sempre respeitando o processo cognitivo autônomo de aprendizagem de cada criança. Deste objetivo norteador, saíram nossos objetivos secundários, mas não menos importantes. Um deles visa à diminuição das possibilidades de trabalho infantil, de contato com as substâncias psicoativas ilícitas e de violência, fatos bastante comuns e problemáticos da comunidade de Itapuã, mas que são discutidos pelos próprios alunos no qual eles propõem soluções para os problemas da sua realidade e discutem outras formas de se constituírem como sujeitos sociais.

Projeto de Extensão

Com o crescimento da ONG dentro da universidade, veio a necessidade de um suporte acadêmico e científico. Para o apoio institucional da Universidade de Brasília, de sua estrutura, de seus professores, de seus projetos e principalmente de seus alunos, a UVE se inscreveu como Projeto de Extensão das Faculdades de Educação e de Direito, tendo como coordenadores os professores Renato Hilário e Alexandre Bernardino Costa, das respectivas faculdades.

A ONG se tornou Projeto de Extensão, pela identidade entre suas atividades realizadas e a definição de extensão e pela identificação com a UnB. A extensão é uma função constitucional da universidade, junto com o ensino e a pesquisa. E a UnB se destaca nacionalmente na quantidade e na qualidade dos projetos de extensão e por ser pioneira nos créditos de extensão. Apesar de realizar uma função extremamente importante que é a educação e de atuar em terceiro setor e junto à universidade, a ONG não substitui o Estado.

Template:Copyedit

Also on Fandom

Random wikia